30 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 12

"É ainda mais difícil imaginar,
Que você não está aqui ao meu lado"Payphone - Maroon5 ft. Wiz Khalifa



Outro dia - 11:25 da manhã.
Megan On*
Eu acordei com uma dor de cabeça insuportavel, eu estava cansada, e com muita preguiça, levantei e fui ao banheiro. Meu rosto tava horrivel, inchado e meu cabelo então. Parecia que eu fui pisoteada. Fui para a cozinha e não encontrei ninguem, já na cozinha, achei um bilhete na geladeira que dizia:
"Querida Megan, acho que não te avisei, mais se sinta avisada ao ler esse bilhete. Ontem eu consegui um emprego em um Hotel 3 estrelas no centro, eu não queria deixar você o dia inteiro sozinha mas tudo bem. Volto as 15h Beijos, tenha um bom dia! Ah e o almoço seu e do seu pai está na geladeira, só esquentar."  - Elyn
Ok, eu iria ficar quase que o dia inteiro em casa, sozinha e vou ter que fazer minha própia comida, eu não sou muito boa nisso, mais de fome eu não morro. Meu pai chega aqui as 12h30 então tem tanto tempo pra mim ficar sem fazer nada. Liguei a TV e coloquei em canais musicais, eu amava assistir isso quando morava na casa da minha mãe, lá havia varios canais, mais sempre que eu assistia vinham aquelas duas me infernizar. Almentei o volume e assisti os clipes, até cantarolava algumas musicas.
Justin On*
Eu e Chris estavamos caçando, não estavamos muito perto um do outro isso atrapalha. Senti a presença de alguem, não era o Chris, quando foi chegando mais perto percebi que era Lianne.. DROGA!
Lianne: Oi querido.
Justin: Me pertubando, já?
Lianne: Porque me trata assim? Já tem outra?
Justin: Porque eu te trato assim? ah eu não sei porque, acho que o Chris pode me ajudar a lembrar.
Chris estava chegando quando eu disse aquilo.
Chris: Porque você é uma maluca.. já esqueceu oque você fez?
Lianne: Isso é passado.
Justin: Pode até ser, mais você é a mesma de sempre, continua a mesma paranoica!
Lianne: E você já tem outra né?
Justin: É da sua conta?
Lianne: Não, não é, mas eu vou descobrir.
Chris: Boa sorte!
Justin: Já percebeu que ninguem te quer aqui?
Lianne: Não, mais pro azar de vocês eu já to indo.
Lianne se foi, graças a Deus.
Chris: Foi tarde.
Justin: Eu perdi até a fome.
Chris: Vamo voltar pra casa.
Justin: Vamo ué.
Chris e eu fomos pra casa, sinceramente eu estava sentindo a falta dos meninos, dos meus irmãos e da Megan, ali era um pouco tedioso, só eu o Chris e mais nada.
[...]
Megan On*
Meu pai havia chegado, estavamos esquentando a comida juntos, apesar da minha dor de cabeça insuportavel é legal a companhia do meu pai.
Max: Vem filha, coloca nos pratos.
Megan: Espera, vou pegar os pratos.
Max: Megan que foi aquilo ontem?
Megan: Aquilo oque?
Max: Os barulhos de madrugada, parecia que estavam fazendo uma maratona aqui dentro.
Megan: Ah.. ontem... eu tropecei e cai em umas coisas.
Max: E pelo visto não colocou as coisas de volta no lugar né.
Megan: Tava escuro e eu tava com sono, esquece pai.
Max: Então tá, pega o suco na geladeira.
Megan: Ok.
[...]
Eram mais ou menos umas 17h da tarde, eu havia tomado uns remedios e depois eu fui deitar. Minha dor de cabeça finalmente passou, eu tinha tomado banho e estava indo até a oficina, nessa hora o Jason já deve está terminando. Quando cheguei lá Jason estava cheiroso e de camisa, até estranhei.
Megan: Jason, desculpa por ontem, eu sinto muito.
Jason: Tudo bem, não foi nada.
Megan: Claro que foi, você deve ter passado maior vergonha e eu devo ser muito chata bebada.
Jason: É isso você é mais esquece.
Megan: Ufa, que bom, pensei que você ia estar bravo comigo!
Jason: -risos- Não.. mais Megan, eu ainda sou bonitinho?
Megan: Hãn?
Jason: -risos- Deixa pra lá.
Megan: Você é bonito sim ué
Jason: to indo pra fogueira da matilha, quer ir?
Megan: Vocês tem esse tipo de reunião.
Jason: Claro, você acha que cada um faz oque quer?
Megan: Achava.
Eu e Jason estavamos entrando na trilha, nunca mais tinha ido na casa do Jason, nem lembrava mais como era ou como chegava.
Jason: Vamos adiantar os passos.
Megan: Eu não vou correr.
Jason: Você não vai correr, pega ai minha blusa.
Megan: Oque você vai fazer?
Jason: Olha, só guarda minhas roupas ai dentro tá.
Megan: Pra que?
Jason: Porque eu não quero ir pra fogueira nu.
Megan: E eu vou observar você tirando a roupa de novo?
Jason: Só se quiser! -ele riu-
Megan: Que engraçado você hein -disse irônica-
Jason: Pois é, vira pra lá eu vou ficar nu. Ah e quando eu me transformar você monta em mim.
Megan: Não vai te machucar. -me virei-
Jason: Você não sabe nada mesmo. -ele riu-
Eu continuei guardando as roupas de Jason na minha mochila, ele se transformou e eu montei nele, o abracei e ele começou a correr muito rapido, fiquei assustada mais era muito legal. Quando estavamos chegando perto, Jason voltou ao normal e vestiu suas roupas, depois fomos andando até um local, onde haviam pessoas sentadas em volta de uma fogueira...
CONTINUA
Gostaram do capitulo de hoje? desculpem se ficou ruim, e que minha criatividade ultimamente tá horrivel mas.. Gostaram do novo modelo do Blog? votem na enquete aqui no lado > Beijos, comentem!

28 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 11

"São 1:15 da manhã
Estou um pouco bêbado
E eu preciso de você agora"Need You Now - Lady Antebellum



[...]
Justin On*
Finalmente cheguei na casa dos Beadles, Chris abriu a porta e eu entrei.
Chris: Quem é vivo sempre aparece.
Justin: Eae bro.
Chris: Oque te trouxe até aqui? -Chris se sentou-
Justin: A droga do amor. -me sentei no outro sofá-
Chris: Ei cara, desculpa mais eu gosto de outra fruta.
Justin: Christian você entendeu!
Chris: É.. quem é ela?
Justin: Megan.. Megan Lupptnégo! A garota que se mudou pra lá a dois meses.
Chris: Nossa hein cara, você ta aqui só pra fugir dela?
Justin: Você não entende né..
Chris: Oque?
Justin: Ela é uma humana, não podemos ficar juntos.
Chris: Quem disse?
Justin: Eu to dizendo, eu posso matar ela a qualquer momento!
Chris: Ah tá, mesmo assim, eu acho que você deveria voltar e se entregar de vez.
Justin: Cuida da sua vida ae.
Chris: Desculpa, só quis ajudar.
Justin: hm.. Ei a Lianne ainda tá viva? Ela ainda mora aqui?
Chris: Uhum, e mora tambem.. essa garota é o capeta.
Justin: Novidade, ela já veio me pertubar.
Chris: Cuidado com ela, ela deve estar mais maluca.
Justin: Não deve, ela tá.
Chris: É eu sei..
Justin: Cade todo mundo?
Chris: Viajaram.
Justin: Eles deixaram você sozinho aqui?
Chris: É..
Justin: São malucos mesmo.
Chris: Você ta na minha casa ok, me respeita. Vai ficar quanto tempo aqui?
Justin: Não sei.
Jason On*
Fui atraz de Megan, ela estava descontrolada, retirei o copo que estava em sua mão e a puxei pelo braço.
Megan: Me solta Justin!
Jason: Justin? já chega, vamo embora!
Megan: Aqui tava tão bom..
Jason: Ai meu Deus, oque eu vou falar pro seu pai?
Megan ficou em silencio, ela me observava com uma cara meio sei lá. Subimos na moto e eu a levei pra casa, ela vai dar muito trabalho. Quando chegamos, descemos e ela ficou me olhando com aquele olhar esquisito.
Jason: Oque foi Megan?
Megan: Você é bonitinho -ela sorriu-
Jason: Você tambem, agora entra sem fazer barulho.
Megan: Você não vem?
Jason: Não (?)
Megan: Ah -ela fez um bico-
Jason: Megan, sobe e toma um banho gelado, eu não vou entrar ai, vai saber oque seu pai vai pensar.
Megan: Mais eu não quero entrar.
Jason: Mais vai, anda.
Empurrei Megan até a porta, ela entrou e eu fechei a porta, ela trancou e entrou. Ela derrubou varias coisas e depois o silencio voltou. Subi na moto e fui para casa, antes que o pai dela descesse e me matasse.
Megan On*
As coisas estavam girando, minha cabeça estava começando a doer. Acho que derrubei metade das coisas que estavam no meu caminho até meu quarto, espero que meu pai e muito menos a Elyn acordem para me ver nesse estado. Tirei minha roupa e entrei no banheiro, mesmo estando a noite, uma noite muito fria, tomei um banho na água gelada. Meus pensamentos estavam em cada copo que eu bebi, pensando no Bieber, pensando na nossa amizade, eu estava fora de mim antes daquele banho. Depois que sai, coloquei meu pijama e escovei os dentes, não aguentava mais aquele hálito de Vodka.. AI MEU DEUS, o Jason.. Coitado deve ter passado maior vergonha, será que ele está com raiva de mim? Será que ele ficou chateado. Eu só faço merda mesmo.
CONTINUA
GENTE DESCULPA POR ESSE TER FICADO CURTINHO, É QUE EU REALMENTE PRECISO DA OPNIÃO DE VCS, VCS QUEREM QUE O JUSTIN VOLTE, OU QUE ELE DEMORE UM POUCO (eu  posso colocar tipo 4 meses dps ou slá) COMENTEM PFVR E OBG 
#Lara


25 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 10

"Nestas promessas quebradas
Lá no fundo
Cada palavra se perde no eco"Linkin Park - Lost In The Echo


Jason saiu depressa, e me deixou na sala sozinha. Fui para o meu quarto e me deitei, fiquei fitando um pouco o teto e finalmente dormi.
Jason On* 
Megan o ama, ela disse isso na minha frente, mais isso também é culpa minha, eu escolhi escutar tudo aquilo. Quando você ama uma pessoa quer ver ela feliz, idependente de como ou com quem seja, você se preocupa, você quer ver-la sorrindo, isso de alguma forma te faz um bem imenso, você não sabe oque fazer quando ver ela chegando, você não sabe oque fazer quando ela está ao seu lado, você não sabe oque fazer quando ela te abraça. Você não sabe o quanto é ruim quando ela não está por perto, quando ela te faz falta a todo momento, você não sabe como é aguentar ela falar de outra pessoa, dizer o quanto essa outra pessoa há faz bem, e ainda mais, dizer que ama essa pessoa na sua frente, com todas as letras. Se você sabe, você ama auguem de verdade, ao ponto de deixar ela ser feliz ao lado de outra por mais que isso te machuque, por mais que você ache que ela deveria estar com você. Entrei na floresta, me transformei e fui para um lugar longe, onde não havia pessoas. Fiquei lá por um tempo, pensando nessa droga de sentimento.
[...]
Megan On*
Eram 21h, Elyn me acordou, ela disse que eu estava dormindo a muito tempo e ela resolveu me acordar. Ela disse que o jantar estava com fome mais eu não estava com vontade de comer. Depois de muita insistência da Elyn eu fui jantar, meu pai já estava jantando, estava a nossa espera.
Max: Finalmente Bella adormecida.
Forcei um sorriso para meu pai não me encher de perguntas, sobre assuntos que eu tentava esquecer. Se for pra morrer, eu vou morrer sorrindo. Me sentei e jantamos todos juntos. Depois do jantar sentei naquelas escadinhas que tem antes da porta da frente, e fiquei olhando o nada. Jason logo chegou, ele se sentou ao meu lado, e ficou em silencio por alguns instantes. 
Jason: Tudo bem?
Megan: Não(muito fofo esse gif :3).
Jason: Você vai ficar assim até quando?
Megan: Quando eu conseguir esquecer.
Jason: Posso te ajudar..
Megan: Como?
Jason: Que sair?
Megan: Jason..
Jason: Vai ser legal, agente pode ir em uma balada ou sei lá.
Megan: Não sei.. eu não curto muito balada.
Jason: Nem eu mais, agente pode se divertir.
Megan: Olha, eu vou pensar e depois eu te respondo..
Jason: Megan, são quase 22h quero uma resposta agora.
Megan: Tá eu vou, mais eu não quero me arrepender de nada.
Jason: Vai se arrumar, eu vou tambem e daqui meia hora passo aqui.
Megan: Ok.
Jason foi se arrumar, e eu logo fui também, não estava muito animada para ir mais eu iria sim, quem sabe isso me ajudava.
[...]
Jason me levou a uma balada super cheia, ela tinha varias luzes e bebidas, ficamos por lá.
Megan: Uau!
Jason: Legal né?
Megan: É.. Jason olha.
Jason: Oque?
Megan: Você mal chegou e a loirinha ali ta olhando pra você.
Jason: Edai?
Megan: Como edai? vai lá anda -empurrei Jason-
Jason foi na tal loira que estava observando ele, eu fiquei no Open Bar e logo pedi uma bebida.
Justin On*
Eu estava quase na casa dos Beadles, deixei meu carro ali na frente de uma casa branca, desci e fui procurar a casa do Chris. Eu estava andando lentamente quando me arrependi de estar naquele lugar, quando olho para o lado, Lianne está vindo na minha direção.
Lianne: Olha só quem resolveu dar as caras.
Fiquei encarando Lianne por um tempo, coloquei a mão na cabeça tentando ter paciencia. Essa vadia não morreu ainda?
Lianne: O gato comeu a sua língua?
Justin: Oque você quer?
Lianne: Você de volta querido.
Justin: Você é maluca, me deixa em paz.
Ignorei a presença de Lianne ali e continuei andando, mas ela entrou na minha frente e colocou sua mão imunda no meu rosto.
Lianne: Você está mais lindo ainda.
Justin: E você continua aquela mesma oferecida.
Lianne: Oferecida que você amava!
Justin: Eu nunca te amei.
Lianne: Serio Bieber? não era oque você dizia quando estávamos na cama.
Justin: Por favor, sai da minha frente, eu não gosto de bater em mulher.
Lianne: Tá irritadinho é?
Sai de perto de Lianne, ela era possessiva, namoramos por quase 1 ano, eu não aguentei mais seu ciúmes e terminamos, por causa dela, eu e minha familia nos mudamos para o Canadá. Lianne não veio atraz de mim graças a Deus, a minha vontade e de matar ela, ela só ficou me olhando enquanto eu ia até a casa do Chris.
Jason On*
Eu estava dançando com a Sarah, a tal loira que eu havia conhecido aquela noite. De vez em quando eu dava uma olhadinha em Megan pra ver se ela estava se divertindo, ela estava bebendo naquele bar desde a hora que chegamos, ela estava sorridente e falava com todos que puxavam assunto com ela.
CONTINUA
Oi amores, obrigada por lerem e obrigada pelos comentarios vocês são umas fofas :)) Gente e eu preciso da ajuda de vocês, vocês querem que o Justin demore pra voltar, ou não? Comentem e se poderem divulguem a Fic, Beijo ;3
#Lara

22 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 9

"Arrependimentos e erros, são feitos de memórias
Quem poderia ter adivinhado o gosto amargo
Que isso teria?"Someone Like You - Adele














(Gente aparti de agora, as palavras em negrito & itálico são Gifs e as que estão só em itálico são palavras que eu destaco por que sim rs)
Megan On*
Eu e Justin já haviamos almoçado. Estavamos na sala, Justin disse que queria me contar algo.
Megan: Oque foi?
Me sentei, e Justin se sentou ao meu lado, ele me olhou, e segurou minhas mãos.
Justin: Megan, eu vou viajar amanhã.
Megan: Legal, aonde você vai?
Justin: Eu vou para os estados unidos, casa de uns amigos de infância.
Justin On*
Não sabia como contar aquilo a Megan, eu não tinha ideia das palavras que eu ia usar, mais seria melhor avisar do que sumir sem dar sinal de vida.
Megan: E você vai voltar que dia? -ela deu um sorriso-
Justin: Megan, eu não vou voltar!
Megan mudou totalmente seu humor.
Megan: Como assim não vai voltar?
Justin: É que eu quero conhecer gente nova, quero aproveitar minha vida.
Me levantei, e fiquei na frente de Megan, ela parecia está tentando processar tudo aquilo.
Megan: Justin você não pode ir embora para sempre!
Ela também se levantou e ficou me olhando como se não estivesse aceitando aquilo.
Justin: Por que não? -olhei em volta-
Megan: Porque eu.. eu Te amo Justin, você não pode ir embora! -ela estava extremamente triste-
Quando Megan disse que me amava, eu tive vontade de abraça-lá, e dizer tudo oque sinto, mais não. Eu não podia fazer isso então, resolvi inventar qual quer coisa. Não queria colocar Megan em perigo.
Justin: Megan! -levantei seu rosto, fazendo com que ela olhasse para mim- Você não pode me amar.
Megan: Mais por que não?
Justin: Por que eu não te amo, desculpa, mais você não é boa o suficiente pra mim.
Confesso, dizer aquilo, doeu mais em mim do que em Megan.
Megan: Tudo bem. -ela disse seca, e seus olhos se encheram de lagrimas-
Justin: Se cuida tá -a beijei na testa-
Sai dali, Megan foi atraz de mim, mais não falou nada, apenas bateu a porta. Entrei no carro, e dirigi o mais rapido dali, antes que eu voltasse atraz.
Megan On*
Fui com Justin até a porta, depois que ele passou bati a porta e desabei em lagrimas. Aquele momento foi como se tivesse abrido um buraco no meu peito, as palavras que Justin me disse ficou fazendo eco na minha cabeça, e eu quase desmoronando de chorar. Eu não devia ter dito aquilo, não deveria ter dito que o amo, isso evitaria ele ter dito aquelas coisas horriveis pra mim. Eu simplismente estou muito magoada, acho que nunca mais vou conseguir ver Justin na minha vida. O pior de tudo, ele tem algum tipo de bipolaridade? primeiro ele é todo fofo, até nos beijamos e depois ele simplismente diz que eu não sou boa o suficiente? eu já estava soluçando de chorar, por que nada nunca dar certo? por que eu tenho o dom de estragar tudo?
[...]
Depois de um tempo, escutei batidas na porta, limpei minhas lagrimas rapidamente, respirei fundo e fui abrir. Quando abri vi que era Jason, forcei um sorriso e o abracei.
Jason: Ah.. Oi?
Soltei Jason, eu estava necessitando de um abraço, e ele ficou sem entender.
Megan: Oi
Jason: Oque tá acontecendo?
Não aguentei por muito tempo, abracei Jason e comecei a chorar, mais eu estava um pouco mais calma.
Jason: Megan, oque aconteceu? -ele falou com um ar de preocupação-
Sabia que Jason não gostava do Justin, e muito menos quando eu estava com ele, mais eu precisava desabafar e ele é meu amigo.
Megan: O Justin Jason...
Jason: Oque aquele desgraçado te fez? -ele me olhou assustado-
Megan: Ele.. tem certeza de que quer ouvir?
Jason respirou fundo, e entrou.
Jason: Eu quero, pode falar.
Megan: Jason esteve aqui mais cedo, nos beijamos e..
Jason: ELE TE ATACOU? AONDE FOI? MEU DEUS!
Megan: Atacou? não não, ele disse que ia ir embora, dai eu disse pra ele não ir porque.. eu amo ele e..
Jason me olhou meio assustado, e ficou com uma cara meio ruim.
Jason: Você ama ele? -ele disse nervoso-
Megan: Jason eu não escolhi.
Jason: Agente não pode escolher essas coisas, mais continua.
Megan: Ele disse que não me amava, que eu não era boa o bastante pra ele e depois ele foi embora.
Deixei uma lagrima escapar, e tive medo que Jason jogasse tudo que ele me disse sobre Justin na minha cara, mais ele apenas me abraçou.
Jason: Megan não importa oque ele te disse, eu te amo e você não é boa o suficiente pra mim, você e otima.
Jason me confortou ao dizer essas palavras, ele disse isso olhando nos meus olhos, e eu não me senti a garota que faz tudo dar errado.
Megan: Obrigada, eu tambem te amo.
Ficamos abraçados.
Jason: Agora para de chorar, ele não merece uma lagrima sua.
Megan: Tem razão. Eai oque veio fazer aqui?
Jason: Eu terminei o trabalho lá na oficina e passei aqui.
Megan: Ah tá.
Jason: Quer fazer uma alguma coisa?
Megan: Desculpa Jason, mais eu acho que vou dormir.
Jason: Megan quando você acordar vai estar tudo igual.
Megan: O pior de tudo é isso mais eu vou dormir sim, Jason você pode voltar mais tarde?
Jason: ah, claro posso sim!
Confesso que Jason falou aquilo encomodado, ele queria ficar, mais eu.. bem eu queria ficar sozinha.
CONTINUA 
Oi amores, o Justin é um filho da pattie kra :') mas.. comentem :))
#Lara




19 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 8

"Esse beijo é algo que não posso resistir
Seus lábios são inegáveis
Esse beijo é algo que não posso arriscar
Seu coração não é confiável"This Kiss - Carly Rae Jepsen




Megan On*
Eu e Jason estavamos jantando, Jason as vezes me surpreendia pelo fato dele não ser mais cheinho, ele come muito mesmo!
Jason: A comida daqui é boa né?
Megan: E sim, eu gostei daqui, obrigada por me convidar.
Jason: De nada, eu estou querendo mudar, não quero mais ficar de casa pra oficina e da oficina pra casa.
Megan: É eu te entendo..
Justin On*
Eu estava indo a caminho do escritorio do meu pai, ele me chamou para conversarmos. Chegando lá ele estava sentado, e parecia estar a minha espera.
Jeremy: Senta ai -se referiu a cadeira-
Sentei lá e olhei para meu pai esperando oque ele queria falar comigo.
Jeremy: Justin eu tenho observado a sua amizade com Megan..
Justin: Oque tem?
Jeremy: Você não sente algo por ela né?
Eu não tinha a minima certeza do que eu sentia, eu não sabia se eu queria a Megan ou seu sangue então essa é uma pergunta que eu não posso responder, não tenho uma resposta concreta.
Justin: Não.. eu não sinto nada por ela, somos apenas amigos.
Jeremy: Que bom, por que você sabe que isso nunca vai dar certo.
Justin: Isso oque?
Jeremy: um relacionamento entre você e a Megan, Justin, que fique bem claro que eu não tenho nada contra ela, acho ela uma excelente garota.
Justin: Por que isso não daria certo?
Jeremy: Justin você vai coloca-la em perigo, você não vai se controlar, vai ser como enfiar alfinetes na sua garganta.
Justin: Já e assim quando estou perto dela, mais isso está diminuindo, está mais suportável.
Jeremy: Mesmo assim, Megan não pode saber que você é um vampiro, isso também colocaria em perigo.
Justin: Tá pai eu sei, era só isso? -disse seco-
Jeremy: Calma, e era sim. Mais eu não disse que vocês não podem ser amigos!
Justin: Era só isso? -disse mais seco ainda-
Jeremy: É.. só isso!
Me levantei dali quase arrancando os pisos com meus pés, estava irritado por saber que aquilo que meu pai me disse era verdade, e eu achando que isso era possivel. Eu sabia de todos os pensamentos de Megan, sabia que ela as vezes me achava estranho, sabia oque ela achava de mim, sabia que ela me achava gostoso quando eu usava regata.. Tá mais isso não chega ao caso, eu também sabia que Megan era apaixonada por mim, ela era igual a mim, não tem certeza de um sentimento. Mais quer saber, talvez isso nunca der certo, qual é essa coisa de amor não existe mesmo, vou deixar Megan ser feliz com Jason, apesar de eu não gostar dele, sei que ele a ama e pode fazer-la feliz, ao contrario de mim, que posso matar ela em um abraço. Não vai ser fácil esquecer a Megan, mais é isso que eu vou fazer.. aparti de depois de amanhã, amanha eu vou na casa dela.. eu posso ir mais tarde!... eu sou um fraco isso sim.
[...]
Megan On*
Depois de darmos uma volta de moto pela cidade, Jason me deixou em casa, faltava poucos minutos para as 00h eu estava mega cansada então fiz minha higiene pessoal, coloquei meu pijama e fui dormir.
Justin On*
Estava a caminho da casa da Megan, era tão fácil e rapido chegar lá. Quando cheguei, entrei pela sua janela, eu ainda não atravesso paredes rs. Megan dormia como um anjo, ela também tinha o sono pesado, nunca me notou alí. Me aproximei dela, sentei em sua cama e acariciei seu rosto, e me sentei. Fiquei ali acariciando seus cabelos e observando ela.
[...]
Outro dia 09h15 da manhã
Megan On*
Eu havia acordado e fui tomar café com Elyn, meu pai sempre saia cedo, então nunca tomávamos café da manhã juntos, apenas aos domingos. 
Elyn: Como foi o jantar ontem?
Megan: Muito bom, a comida era muito boa!
Elyn: Bobinha, não estou falando da comida.
Naquela hora eu engasguei, por que Elyn parecia tão.. inocente.
Megan: Elyn eu e Jason somos amigos!
Elyn: É eu sei que você gosta mesmo é do Justin.
Megan: Gosto nada! ele também é meu amigo.
Elyn: Uhum, então tá..
Megan: Que foi?
Elyn: Querida, você não pode esconder essas coisas de mim.
Megan: Não to escondendo nada.
A Elyn era meio.. sei lá, mais só percebi isso hoje. Ela deve ficar observando quando eu estou com Justin aqui em casa, ou com Jason! Ela já está sabendo demais pro meu gosto. Tomamos café, e depois ajudei Elyn com a louça e limpar a casa.
[...]
Elyn saiu e não fez almoço, ela deixou o telefone de um restaurante para que eu pedisse comida para mim e pro meu pai. Eu fiquei na sala mexendo no meu notebook, depois de um tempinho a campainha tocou e eu fui atender, fiquei feliz pois era Justin.
Justin: Oi -ele sorriu-
Megan: Oi, entra ai.
Justin entrou e se sentou.
Justin: Tá fazendo oque?
Megan: Vendo filmes pelo notebook!
Justin: Que tipo de filme?
Megan: Romance.
Justin: Você gosta disso? -ele fez uma cara de nojo-
Megan: Você não?
Justin: Prefiro filmes de terror, ou filmes sangrentos. (amo quando o Jus faz isso, acho sexy)
Megan: Odeio esses tipos de filme, mais gosto de scooby doo, é um começo.
Justin: Eu também gosto (rimos juntos).
Eu e Justin paramos de rir e nos olhamos, retirei meu cabelo do meu rosto, e Justin me puxou para perto pela nuca, nos beijamos intensamente.

Naquele momento senti borboletas no estomago, senti uma coisa diferente, eu poderia beijar seus lábios macios todos os dias.
Justin On*
Beijei Megan, nos beijamos, eu não sei oque aconteceu. Foi o melhor beijo da minha vida, e olha que eu já vivi tanto tempo. Megan era incrível, e eu percebi que aquilo era amor quando nos beijamos. Seria horrível nunca mais sentir essa sensação maravilhosa que é a junção dos nossos lábios. Terminamos o nosso beijo, não foi longo, mais foi intenso, oque o tornou de alguma forma especial.
Justin: Desculpa isso não vai mais acontecer. -ele disse tomando um pouco de distancia de mim-
Megan: Não, a culpa foi minha desculpa!
Ficamos sem jeito, meio abobados, meio não, super abobados. Ficamos em silencio um pouco, até que eu resolvi cortar aquele clima tenso.
Megan: Já almoçou?
Justin: Não.
Megan: Otimo, você vai almoçar comigo. -eu sorri-
Justin: Oque vamos comer de bom? -ele retribuiu o sorriso-
Megan: Vamos ver agora.
Levantei, peguei o telefone e voltei para o sofá.
Megan: Vai querer oque?
Justin: Não sei.. pede qual quer coisa!
Megan: Aproveita que hoje é por minha conta. -brinquei-
Justin: Opa, então vou pedir o restaurante todo.
Rimos.
Megan: Sério, vai querer oque?
Justin: Spaghetti!
Megan: Acho que também vou querer isso, você gosta de batatas fritas?
Justin: Claro!
Megan: Ok, vou pedir para acompanhar.
Pedi a nossa comida e esperamos ela chegar, estávamos sentados no sofá, eu estava deitada no ombro de Justin e ele estava me abraçando. Justin nunca foi tão fofo comigo...
CONTINUA
Aw gente, to morrendo com tanta fofura :3 e eu também to morrendo por isso haha comentem amores ;3





Cara nova!

Oi amores, eu tava vendo aqui e vi que muita gente visitou o Blog hoje e deve ter achado estranho ele está todo bagunçado. Então eu quero pedir desculpas pra vocês, é que eu estou arrumando ele e por isso tá assim. Beijos, até mais.
#Lara

18 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 7

"Meu coração está meio vazio,
Não estou preenchido quando você não está comigo."
Where are you now - Justin Bieber


Megan On*
Justin: Oi, oque você veio fazer aqui? -ele disse vindo até mim-
Megan: Eu vim com a Elyn.
Justin: Ah, então tá. -ele foi virando as costas-
Megan: Aonde você vai?
Justin: Lá em cima (?)
Megan: Posso ir?
Justin ficou pensativo e depois abriu um sorriso de lado.
Justin: Claro que pode, vamos
Justin On*
Havia prometido para Jason que eu iria ficar longe de Megan, mais ela que esta aqui. Nossa Justin que logica idiota, mais tudo bem. Eu estava me acostumando mais com o cheiro de Megan, ficar perto dela agora era menos inrresistivel. Subimos até o meu quarto, ele era o mais normal, ele tinha cama. Megan entrou e olhou tudo em volta, até mexeu numas coisas minhas, ainda bem que meu quarto não tinha sangue.
Megan: Quarto bonito!
Justin: Obrigado.
Megan: Sério, o meu parece quarto de crianças de 10 anos.
Justin: É eu sei..
Megan: Sabe como? -ela fez uma cara confusa-
Justin: Quer dizer.. imagino!
Megan: Tá com a cabeça aonde Bieber? -ela riu-
Justin: Em você -disse em um sussuro- dá pra parar de mexer por favor?
Megan: Tá eu paro -risos- desculpa
Justin: Tudo bem!
Megan: Oque fez de bom hoje?
Justin: Além de ir atraz de você? nada
Megan: Foi mal, e que o Jason é meu amigo, e eu não consigo magoar ele.
Justin: E eu sou oque?
Megan: Você é meu amigo tambem, mais apesar de tudo, não é como eu e Jason...
Justin: Por que não?
Megan: Eu não sei
[...]
2 meses depois...
Megan On*
Já estou morando aqui a dois meses, aqui não é tão ruim como eu imaginava, pelo contrario é maravilhoso! Tenho novos amigos, e a cada dia conheço pessoas super legais. Já era 19h eu estava arrumada esperando Jason, ele me chamou pra sair, um convite estranho vindo dele, ele não gosta muito desse tipo de coisa.
Max: Aonde você vai desse jeito? -disse meu pai me olhando-
Megan: Jason me chamou pra sair!
Max: Tudo bem, gosto do Jason, ele não é esquisito igual aquele loirinho.
Megan: Justin?
Max: Você tem outro amigo loiro?
Megan: Ele não é esquisito, isso é por que você não conheçe ele.
A campainha tocou e eu e meu Pai fomos interrompidos.
Max: Então tá, acho que é o Jason!
Megan: E deve ser ele mesmo, agora vamos parar de falar do Justin, Jason não gosta dele.
fui até a porta, e abri, nossa Jason estava lindissimo (sem o óculos).
Megan: Demorou em..
Jason: Você tá linda -ele me olhou dos pés a cabeça-
Meu pai apareceu atras de mim e eu nem percebi.
Max: Obrigado.
Megan: Pai!
Max: Que foi? só ia falar pra ele ter cuidado com a minha filha!
Jason: Pode deixar.
Eu me despedi do meu pai e sair, Jason me mostrou sua moto. Admito, não era fã de motos mais era legal andar. Jason me levou até um restaurante, era meio chic e ao mesmo tempo simples, era um lugar agradavel.
Jason: Quer escolher a mesa?
Megan: Claro.
Sabia do que Jason gostava e não gostava, então escolhi uma mesa meio escondida. Logo fomos atendidos, e depois aguardamos a comida chegar.
Megan: Que lugar legal, gostei.
Jason: Sabia que ia gostar..
Megan: Pra quem não gosta muito de sair, você se saiu incrivel.
Jason: Valeu, espero que a comida não demore, eu to com fome.
Megan: Novidade né.
Jason: Novidade por que? eu não me entupo de comida igual a você.
Megan: Eu só me entupo de chocolate, é diferente viu.
Ficamos um tempo em silencio e depois começamos a rir juntos, tipo do nada.
Jason: Boba
Megan: Eu amo a sua companhia.
Jason: Eu tambem me sinto bem com você.
Jason ficou me olhando com um sorriso de orelha a orelha, ele estava tão fofo.
Megan: Para Jason, to ficando sem graça.
Veio uma garçonete e trouxe a nossa comida.
Garçonete: Aqui está... nossa vocês formam um lindo casal.
Na mesa já estava um clima e vem essa mulher se intrometer, por favor né. Jason e eu ficamos SUPER sem graça.
Jason: Obrigado, mais somos apenas amigos -ele sorriu sem graça-
Garçonete: Oh, me desculpe então. -ela saiu-
Megan: Que mulher maluca.
Jason: é..
CONTINUA
Que climão né, hm.. Comentem suas lindas ;))








14 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 6

"Eu poderia descansar minha cabeça, apenas sabendo que você é minha,
toda minha."Guns N' Roses - November Rain




Justin: Não ta acontecendo nada, vai querer ir?
Jason: Você sabe que eu não vou deixar ela ir a lugar nenhum com você!
Megan: Vocês falam que não ta acontecendo nada e continuam implicando um com o outro, não vão falar mesmo?
Justin: É para o seu bem... quem sabe um dia você possa saber -ele colocou a mão na cabeça-
Ok, resolvi parar de questionar, deveria ser uma coisa bem séria.. mais aquilo ia ficar na minha cabeça, a curiosidade ia atacar qualquer hora.
Jason: Você não vai né?
Megan: Não, vou pra minha casa!
Justin: Tem certeza?
Megan: Tenho! -tentei ser fria-
Justin se virou e foi embora, continuei ali com Jason, ia tentar conseguir algumas informações com ele.
Jason: Você não ia pra casa?
Megan: Ia... você não acha que me deve explicações?
Jason: Megan não encista nisso, vai ser perigoso pra você saber dessas coisas.
Megan: Eu vou descobrir tudo sozinha! -fiz uma cara seria-
Jason segurou minha mão e me puxou, ficamos ali nos fitando por um tempo.
Megan: Oque foi?
Jason: Vem!
Jason saiu me puxando para dentro da floresta, ok agora ele vai fazer oque comigo?. Caminhamos um pouquinho, chegamos perto de um lugar que tinha uma pedra enorme e Jason me soltou.
Jason: Eu preciso de mostrar isso!
Jason começou a tirar sua jaqueta, e logo depois sua regata e eu fiquei sem reação, como assim? uma pessoa te leva pro meio da floresta e depois começa a fazer uma especie de Strip Teaser na sua frente! Então foi tipo isso. Não vou dizer que eu não gostei, Jason tinha um belo corpo, tudo no seu lugar e tudo BEM definido, oque chamava atenção. Ele tirou a calça e a meia, ok vou ser estrupada, só pode! credo não pensa bobagem Megan. Após Jason tirar sua roupa, exerto sua roupa intima ele me assustou ao se transformar em uma especie de cachorro enorme. Fiquei assustada, ele parecia estar bravo, mais não fez nada comigo e logo voltou ao normal.
Jason On*
Depois que eu voltei ao normal, pude ver a expressão no rosto de Megan, ela sorria surpresa.
Megan: Legal, mais como?
Jason: Explicações depois, eu já te mostrei oque você não deveria nem sonhar!
Megan: Então... Justin tambem se transforma em um animal? de que especie ele é? por que você não queria deixar eu sair com ele?
Megan ia querer saber de tudo, por que tão curiosa?
Jason: Ele não é bem um animal, mais ele é muito perigoso pra você. Megan, me prometa que não vai se encontrar com ele novamente!
Megan: Eu não posso fazer isso, assim como você, ele tambem é meu amigo!
Jason: Você não precisa desse tipo de amizade.
Megan: Você não pode escolher os tipos de amizade que eu devo ou não ter!
Jason: Desculpa, eu apenas quero te proteger!
Megan: Proteger do que?
Eu não respondi, mais eu não poderia falar nada. Ai que tá, se eu não falar nada, Megan irá me perguntar mais ainda, ou não sei, procurar sozinha.
Jason: Megan...
Megan: Oque foi?
Jason: O Justin, e a familia dele.. bom, eles são uma familia antiga, meu pai me disse que eles existem desde o meu bisavô.
Megan: E?
Resolvi contar pra Megan a lenda dos frios, mais foi ai que eu fiz ela me prometer que não iria buscar nenhuma informação sobre esse assunto. Fomos interrompidos pelo celular de Megan.
Megan: Eu tenho que atender!
Jason: Ok.
Megan foi atender o telefone, depois de desligar ela me pediu para que eu a levasse de volta, pois ela precisava ir. Assim fiz.
Megan On*
Estava falando no celular com Elyn, ela ligou para avisar que iria visitar Pattie, e perguntou se eu gostaria de ir com ela. Eu aceitei, depois que Jason me contou aquelas coisas me deu uma vontade de voltar aquela casa, pra ver se eu conseguia perceber coisas estranhas ou diferentes, não avisei para Jason, se não era capaz dele me amarrar para que eu não fosse.
[...]
Eu e Elyn haviamos chegamos a casa da Pattie, ela estava a nossa espera, pelo menos parecia. Não vi nenhum dos meninos ali, nem Jeremy, e muito menos as crianças, só dois pré-adolescentes sentados no sofá, ah qual é? estou morrendo de saudades da Jazzy e do Jaxon.
Pattie: Elyn -ela a abraçou- Megan -ela me abraçou mais não tão empougada-
Elyn: Oi Pattie, vim fazer uma visita, espero não estar incomodando!
Pattie: Ah que isso querida, vamos para a cozinha.
Ela foi nos levando até a cozinha, ao passar em frente ao sofá, o garoto que estava sentado sorriu para fim e eu sorri de volta.
Megan: Pattie quem são esses?
Pattie: Esses? ah... são meus sobrinhos, estão passando uns dias aqui!
Elyn: Que gracinhas!
Pattie: É.. vamos, Megan se quiser pode ficar ai com eles!
Megan: Ah claro -sorri-
Pattie e Elyn foram a cozinha e eu fiquei ali com aqueles dois. Eles eram calados mais me pareciam familiar.
Megan: Qual é o nome de vocês?
Garoto: O meu é Chad.
Garota: É.. o meu é... Cher -ela falou sem certeza-
Megan: Tem certeza? -eu sorri sem humor-
Cher: Tenho sim -ela sorriu forçado- esse é o meu nome! -ela olhou para Chad-
Megan: Então tá, vocês tem quantos anos?
Chad: Eu tenho 11 e Cher tem 13.
Megan: Legal.
[...]
Justin On* 
Fui atraz de Jason, eu sabia que Megan estava na minha casa e que ela esteve com Jason. Quando Jason percebeu minha presença na sua "oficina" ele logo mudou de humor.
Jason: Não é bem vindo aqui.
Justin: Eu sei -eu disse seco-
Jason: Oque quer?
Justin: Oque você disse para Megan?
Jason: Eu não disse nada.
Justin: Eu sei que você disse, você contou a ela sobre mim?
Jason: Não, eu só contei de mim.
Justin: Otimo, então eu quero te pedir uma coisa.
Jason: Oque?
Justin: Não conte nada, a Megan, nada mesmo, ela estaria correndo um grande perigo se souber.
Jason: Ok, eu tambem posso te pedir uma coisa?
Justin: Fala.
Jason: Fica longe dela.
Eu sabia que eu não conseguiria, mais achei justo depois que ele não contou nada a ela. Aceitei mesmo não querendo. Fui embora, não me despidi, eu e Jason não nos davamos bem, então já que eu não disse Oi, pra que dizer Tchau?. Sai dali e fui direto pra casa.
[...]
Megan On*
Estava na sala com Cher e Chad, eles estavam falando mais. Fomos interrompidos pela porta se abrindo, Justin entrou na sala tirando seu óculos com todo aquele charme misturado com misterio que só ele tinha.
Justin: Oque você ta fazendo aqui?
Nossa, que educado, parece que não gostou nada de me ver.
Megan: Oi pra você tambem -sorri irônica-
CONTINUA
Comentem 
Quer ser avisada? clica aqui.
#Lara



3 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 5

"Ela não é como uma garota que você já viu antes"
Sexy Bitch - David Guetta ft. Akon

Max: Oi filha, tudo bom garoto? -ele disse a Justin-
Justin: Tudo -Justin me olhou com uma cara tipo (?)-
Megan: Oi pai, aonde vocês estavam?
Elyn: Seu pai chegou cedo do trabalho, resolvemos ir na casa de uns amigos
Megan: Ah tá... Pai, Elyn esse é Justin, filho da Pattie Elyn!
Elyn: É eu sei -ela sorriu-
Elyn e Max subiram deixando eu e Justin sozinhos.
Justin: A chuva já passou -ele se levantou-  acho que já vou.
Megan: Fica pro jantar?
Justin: Eu.. eu não posso, eu já to a muito tempo aqui você não acha?
Megan: é eu acho -rimos-
Justin se levantou e me puxou para que eu levasse ele até a porta.
Justin: Tchau -ele disse abrindo a porta do carro-
Megan: Tchau -acenei-
Justin foi embora com seu carro. Quando fechei a porta meu pai me olhava com um sorriso de lado.
Megan: Oque foi?
Max: Seu namorado?
Megan: não não, claro que não.
Max: Oque vocês estavam fazendo aqui?
Megan: assistindo TV e conversando, por que?
Max: nada, garoto esquisito.
Megan: Paai!! -abracei ele- cade o jantar?
Max: Elyn pediu pizza!
Megan: melhor assim.
Antes de termos jantados pizza, eu ajudei Elyn e meu pai a arrumar a casa e depois formos dormir.
[...]
Acordei de madrugada, não fazia ideia de que horas eram, só sei que estava com a impressão de que havia alguem me observando, mais não tinha. Ignorei e tentei voltar a dormir, mesmo assim, aquela mesma sensação de que alguem além de mim estava presente naquele quarto. Olhei para cada canto do quarto e quando olhei para frente Justin, isso mesmo, Justin estava no meu quarto, fiquei assustada mesmo assim não demonstrei. Fiquei olhando para ele enquanto ele me fitava.
Megan: Justin?
Ele não me respondeu apenas continuou ali me fitando. Cocei meus olhos e quando eu abri eles novamente, Justin não estava mais ai, "estranho" eu disse quase em um sussuro e depois voltei a dormir.
Justin On*
Não fazia ideia do por que eu está ali no quarto da Megan, observando enquanto ela dormia. Megan era como um imã e eu... bom eu to mais pra idiota mesmo. Eu assustei a Megan mais ela deve tá achando que isso tudo é um sonho, ou pesadelo, mais isso tambem depende dela. Eu fui me aproximando mais de Megan, seu perfume estava cada vez mais forte e chamativo. Quando me aproximei de seu pescoço, pude sentir o calor da sua pele, eu já estava caindo em tentação quando resolvi ir embora.
[...]
Fui direto para minha casa, chegando lá meus pais estavam na sala.
Jeremy: Aonde você estava?
Justin: eu tinha ido na floresta, tava com sede, cade os meninos?
Pattie: estão lá em cima.
Subi deixando meus pais desconfiados, mais tambem se eu falasse aonde eu estava eles iriam encher a paciência, então não falei nada. Quando cheguei na sacada, estavam Ryan, Lisa e Chaz lá tomando sangue e comendo.
Ryan: Eai Justin, aonde você estava bro?
Justin: na floresta!
A minha sorte, era que os unicos que podiam ler mentes na minha familia eram eu e a Jazzy, mesmo assim se Jazzy soubesse que eu estive na casa de Megan ela não falaria nada.
Lisa: Quer? -ela disse se referindo ao sangue que havia em uma garrafa-
Justin: Quero sim, valeu!
Chaz: é, eu preciso de uma namorada, eu cansei de segurar vela pro Ryan e pra Lisa!
Ryan: Porque vocês não se beijam então?
Lisa: é.. pra quebrar o gelo -ela riu-
Justin: Era pra ter graça?
Chaz: nossa, quanta graça!
Ficamos brincando ali, fazendo piadas e brincadeiras.
[...]
Megan On*
Eu acordei tarde hoje, já era 11h e eu fui direto almoçar. Depois do almoço fui na oficina do Jason, ver por que ele tinha me deixado no meio daquela mata, e levar a mochila dele. Chegando lá Jason estava concertando um carro, eu sinceramente acho que Jason não sabe a existecia de camisetas, deve ser pra exibir seu corpo.. que por sinal era perfeitamente definido.
Megan: Jason -o chamei com um ar serio-
Jason: Megan!
Jason sorriu e veio me abraçar, e eu desviei de seu abraço
Megan: Um sorriso e um abraço não vai evitar eu perguntar oque aconteceu ontem.
Jason: Ah... ontem, desculpa demorar, mais quando eu voltei você não estava mais lá!
Megan: com aquela chuva tambem, você queria oque?
Jason: A senhorita é de açucar agora? -ele brincou-
Megan: Ah é assim? seu idiota -dei lingua para ele-
Eu estava abraçando Jason quando Justin chegou, ele abaixou o vidro e eu fui até ele.
Justin: quer dar uma volta?
Megan: Como sabia que eu tava aqui?
Justin: Eu vi você aqui (?)
Jason se aproximou de nós e deu uma risada irônica.
Jason: não acredito que você conhece isso...
Justin: Ah olha só quem é o amigo -ele fez aspas com os dedos- da Megan! -ele sorriu debochado-
Megan: Vocês se conhecem? -eu disse confusa-
Jason: infelizmente...
Justin: Pois é, esse ai ainda existe
Confesso, quando Justin disse aquilo eu fiquei assustada.
Jason: Não é bem vindo aqui
Justin: Eu não estou dentro da sua casa.
Megan: Ei, eu ainda to aqui!
Justin: eai Megan, vai querer dar uma volta?
Jason: Espera... você não é maluca né Megan?
Megan: não sei, porque eu seria maluca Jason?
Jason: Não contou pra ela? desculpa Megan, mais eu não vou deixar você entrar nesse carro com esse ai.
Megan: E porque não!
Justin: Aé ne, como se ela soubesse que você é um...
Jason: Não ela não sabe, mais ela não corre perigo comigo!
Justin: Ah não? não tente se fazer de inocente!
Megan: Já chega vocês dois, alguem me explica oque tá acontecendo aqui?
CONTINUA
Oi mesninas(os) que leem a LC, desculpa postar esse curtinho, é que eu vou ir pra casa da minha mãe e é bem provavel que lá não tenha internet, mais tambem, se tiver eu vou ter que postar curtinhos, por isso deixei esse clima tenso, será que eles vão falar para Megan o segredos um do outro? :c mesmo assim obrigada por leem, e comentem para dar opnião, critica ou elogio! Bjx
#Lara




1 de jan de 2013

Life Contagious - Parte 4

"E tudo o que conta, é o aqui e agora"Glad You Came - The Wanted


Megan On*
Já era 3h20 da tarde, Jason me chamou para dar um passeio, e eu aceitei. Ele me levou até uma caichoeira, ela era linda apesar de ficar no meio da floresta. Levamos uma cesta com comidas diversas para fazermos um piquenique ali mesmo, era um ambiente muito agradavel.
Jason: Lembra daqui?
Megan: não -olhei em volta-
Jason: -riu- agente adorava vir aqui, brincar!
Megan: ah, me lembrei -sorri- você sempre me empurrava na água quando eu ainda estava de roupa.
Jason -risos- isso é verdade, você nunca conseguia fazer o mesmo.
Megan: eu não conseguia... isso é passado eu aposto que consigo agora!
Olhei para Jason com um olhar desafiador, ele logo se levantou e correu. Jason estava morrendo de rir enquanto eu tentava alcança-lo. Corremos muito, eu fiquei cansada e fui diminuindo a velocidade cada vez que eu corria. Jason veio até mim e ficou na minha frente, ele não estava ofegante como eu.
Jason: Vou empatar!
Eu não entendi oque Jason disse, mais derrepente ele me abraçou, e se jogou na água. Legal, eu ainda estava de roupa, ele podia avisar né.
Megan: Eu te odeio Jason -dei lingua para ele-
Jason: Odeia nada -ele riu-
Eu comecei a jogar água no Jason, e ele fez o mesmo comigo ficamos assim por muito tempo, pareciamos crianças.
Jason On*
Naquele momento, passou um flashback na minha cabeça. Eu e Megan naquele mesmo lugar, brincando e rindo do mesmo jeito que estavamos nesse exato momento. Megan tinha um lindo sorriso, ele chamava tanta atenção que eu parecia um bobão babando o sorriso dela. Enquanto eu estava destraido apreciando  seu sorriso Megan continuava jogando água em mim.
Megan: Jason! Tá vivo? -ela riu-
Jason: To -balancei a cabeça- to sim!
Megan: Vamos sair da água? agente pode pegar um resfriado.
Jason: é, melhor agente sair mesmo!
[...]
Megan On*
Depois que saimos da água, fomos lanchar molhados mesmo, já que não trouxemos toalhas.
Megan: Por sua culpa, estamos lanchando encharcados!
Jason: A culpa não foi minha, você que quis correr atraz de mim para me molhar.
Megan: Você podia ter avisado pra mim pelo menos tirar a roupa né.
Jason: Não pegaria bem -ele riu-
Megan: verdade.
Jason parou de rir, e olhou em volta sério.
Jason: Megan já volto -ele se levantou- Não sai dai!
Megan: aonde você vai?
Jason nem respondeu e entrou na floresta rapidamente, oque será que deu nele?
[...]
Jason estava demorando a voltar, o tempo estava fechando, eu já estava com medo de começar a chover, então juntei as coisas na mochila de Jason e fui andando pela trilha. Eu estava com medo de lá ter algum animal selvagem ou sei lá. Depois de alguns minutos caminhando começou a chover, aprecei meus passos mais mesmo assim fiquei mais molhada do que já estava. Obrigada Jason. Vi um carro preto passar por mim, ele me lembrava alguem... sim era o carro de Justin! Ele voltou um pouco e abaixou o vidro.
Justin: Entra ae!
Megan: Eu estou toda molhada, vou molhar seu carro.
Justin: Entra logo!
Já que ele insistiu eu entrei, se não eu iria ficar pior do que eu já estava.
Justin: Você vai pegar um belo resfriado -ele me olhou-
Megan: É, eu to sabendo.
Justin tirou o casaco e me entregou.
Justin: Se seca com ele.
Megan: Não, tudo bem, está muito frio pra você ficar sem ele.
Justin: -riu- Para de teimar e se seca logo.
Megan: ta tá, mais alguma ordem senhor?
Justin: não.
Rimos juntos enquanto eu me secava.
Justin: Oque você ta fazendo na floresta sozinha?
Megan: Eu estava fazendo um piquenique com um amigo.
Justin: E cade ele?
Megan: eu tambem quero saber.
Justin: Ele te deixou aqui sozinha? é perigoso pra você sabia?
Megan: Eu sei, além de ser meu patrão quer ser meu pai tambem?
Justin: deixa de ser boba Megan.
Megan: Você pode me deixar em casa?
Justin: Claro.
Justin On*
Megan estava cheirando a "eles", mais essa parte eu ignorei. Era bom ter encontrado Megan novamente, apartir do dia que vi ela, queria ter ela ao meu lado, conversar com ela e.. pera, oque é isso Justin? tenho que parar de pensar bobagens. Estavamos chegando perto da casa da Megan, ainda bem, eu não aguentava mais ficar perto do seu corpo, era como um imã pra mim.
Megan: Você quer entrar? não acho legal você ficar dirigindo nessa chuva!
Agora essa, embora eu estivesse morrendo de vontade de entrar, eu não podia.
Justin: Eu não posso..
Megan: Claro que pode, entra?
Justin: Não eu vo.. -Megan me interrompeu-
Megan: Quando a chuva acabar você vai embora!
Como ela consegue fazer isso? ela deve ser uma feiticeira, só pode.
Justin: Tudo bem, vamos!
Descemos do carro e fomos correndo até sua casa. Entramos e Megan deixou a mochila no sofá, não havia ninguem em casa.
Megan: Eu vou tomar um banho quente e trocar de roupa -ela espirrou- já volto.
Ok oque eu vou fazer naquela casa? resolvi ficar andando e olhando as coisas daquela casa. Acho que fui na maioria dos comodos da casa, quando eu estava passando pelo corredor de cima, onde havia quartos, passei na frente de um que era provavelmente o de Megan, vi Megan enrolada em uma toalha, suas curvas estavam bem definidas e seu perfume preencheu o corredor. Fiquei ali paralisado no corredor observando aquela cena, quando percebi que ela iria olhar para trás, desci as escadas rapidamente e me sentei. Ouvi ela me chamar assustada.
Megan: Justin?!
Justin: To aqui na sala. -gritei-
Depois de alguns minutos, Megan desceu e se sentou ao meu lado.
Megan: Eu acho que estou resfriada.
Justin: Depois daquela chuva, era de se esperar né mocinha.
Megan: Pois é, quando eu ver o Jason, vou matar ele -ela espirrou-
Espera, ela disse Jason? Jason aquele... não acredito que ela conhece ele. Mais pode ser outro, essa cidade é grande demais para ter só um Jason, então dane-se.
Justin: Esse é o seu tal amigo? -fiz aspas com dedo-
Megan: Ei, só eu posso falar mal dele. E ele é meu amigo sim, um otimo amigo.
Justin: Sei, então ta né, não sou eu que escolhe suas amizades!
Megan: Pois é.
Megan tirou o cachecol, deixando seu pescoço amostra. Droga! Quando eu tinha esquecido que ela era uma humana.
Justin: Oque tá fazendo? coloca de volta, você ta resfriada.
Coloquei o cachecol nela de volta, ela ficou maluca?
Megan: Justin.. posso te fazer uma pergunta?
Justin: já fez -ele riu-
Megan: bobo, outra pergunta.
Justin: faz ué.
Megan: Por que você é assim?
Não vou negar, naquela hora, eu gelei e ficou um clima tenso.
Justin: assim como?
Megan: Assim, misterioso, quando eu te conheci achei que você era um robô. -ela riu-
Justin: Eu não sou assim. -eu disse seco-
Megan: É sim, ta vendo você ta assim de novo! Você é bipolar.
Justin: claro que não -sorri forçado-
Megan: claro que sim, mais vamos falar de outra coisa.. por que o Ryan é pior que você? e por que o Chaz é o mais amigavel?
Justin: Que tal um assunto que não envolva minha familia?
Megan: mais eu queria saber.
Quando Megan disse aquilo ela fez uma carinha fofa, que deu vontade de morder ela. Eu estou virando gay, só pode. Credo.
Justin: Problema é seu -fiz uma carinha semelhante a dela-
Megan: Ok, vamos falar sobre... você tem celular?
Eu? Celular? pra que? eu não preciso disso, posso me comunicar com a Megan da minha casa sem celular nenhum. Mais era melhor eu inventar alguma coisa, qual ser não tem celular.
Justin: O meu? ele estragou, mais tem o numero da minha casa.
Megan: Ah, salva ai.
Ela me entregou o celular, e eu digitei o numero da minha casa e salvei.
[...] 
Megan On*
Depois que Justin me passou seu numero, continuamos conversando, ele SEMPRE evitava assuntos sobre sua familia, e quando conversavamos coisas comuns que jovens fazem ele não falava com tanta certeza. Ele era legal e estranho. Meu pai finalmente chegou, Elyn estava com ele.
Max: Oi filha. tudo bom garoto? -ele disse a Justin-...
CONTINUA
comentem ;)
Quer ser avisada? Clique aqui.
#Lara